HOME > NOTÍCIAS > Equipamentos de refrigeração com nova etiqueta energética

Equipamentos de refrigeração com NOVA ETIQUETA ENERGÉTICA

Sabia que…

(…) a partir de 1 de março de 2021, os aparelhos de refrigeração domésticos passam a apresentar uma nova etiqueta de classe energética ?

A partir de 1 de março de 2021, os aparelhos de refrigeração domésticos passam a apresentar uma nova etiqueta de classe energética com uma escala de A (mais eficiente) a G (menos eficiente) em substituição da atual de A+++ a D, com o objetivo de ajudar os consumidores a identificar mais facilmente os produtos mais eficientes.

BREVE EXPLICAÇÃO…

Esta alteração de escala corresponde na prática a uma maior divisão das classes atualmente em vigor sendo que as duas novas classes de topo (A e B) vão estar numa primeira fase vazias de produtos ou seja; o melhor produto atual ficará na classe C.

Com esta escala pretende a Comissão encorajar os fabricantes a desenvolverem equipamentos mais eficientes. No mesmo sentido vão os novos regulamentos de Ecodesign, com inicio em 1 março de 2021 deixa de ser possível comercializar a maioria das tipologias de aparelhos de refrigeração doméstica na classe G, onde se incluem alguns dos atuais produtos A+ e para 1 de março de 2024 está já definido o desaparecimento da nova classe F, que abrange a grande maioria dos atuais produtos A+.

Vai querer ler isto!

– Os produtos disponibilizados pelos fabricantes aos distribuidores a partir de 1 de novembro de 2020 já deverão incluir, no interior da embalagem, a nova etiqueta além da antiga.

– A etiqueta atual continuará a ser a única exibida nos pontos de venda (físicos e on-line) até ao dia 1 de março de 2021 sendo que a partir desta data os negociantes dispõem de 14 dias uteis para promover a substituição das mesmas pelas novas etiquetas.

– Caso não disponha de etiquetas no novo formato, por exemplo quando o produto estava em stock a 1 de novembro 2020, deve solicitar ao fabricante o fornecimento da mesma o que deverá ser feito no prazo de 5 dias uteis.

– Apenas será permitido manter as etiquetas atuais em casos especiais, nomeadamente quando o fabricante cessou a atividade, não sendo assim possível obter uma nova etiqueta, ou o produto foi descontinuado. A data limite para estas exceções é 30 de Novembro de 2021.

– A nova etiqueta energética integra um código QR, com acesso à base de dados EPREL gerida pela União Europeia. Ao ler este código com o seu smartphone o cliente acede à ficha normalizada de produto, etiqueta energética e outra informação publica da base de dados, as autoridades podem aceder aos dados técnicos facilitando assim a verificação da conformidade do produto. Este acesso à base de dados também será possível pela internet.

– A classificação de A a G será reavaliada regularmente, quando vários equipamentos alcançarem a classe A haverá um novo escalonamento de modo a incentivar a pesquisa e a inovação tecnológica, em busca de produtos cada vez mais eficientes.

– Para alem dos aparelhos de refrigeração doméstica também televisores, máquinas de lavar loiça, de lavar roupa e de lavar e secar roupa terão novas etiquetas energética em 1 de março 2021.

 

DICA DO ARTIGO!

Na prática e atualmente os produtos de classe A+++ irão corresponder no futuro próximo a uma classe energética C.

SHARE:

© Copyright 2018 Tensai Industria | All Rights Reserved


* Campos obrigatórios | Required fields